18:22"Requião vive num Paraná virtual"

O discurso de Requião visto pela liderança da Oposição na Assembleia. Confiram:

O líder da Oposição, deputado Élio Rusch (DEM) rebateu com ironia o pronunciamento do governador Roberto Requião, realizado nesta terça-feira (02) durante a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa.

“Existem dois Paranás”, disse. “Um virtual, sem problemas nas áreas de saúde, educação, segurança e infraestrutura, onde só o governador Requião vive, e o real, onde existem graves problemas nessas áreas que são percebidos pela população diariamente”.

Rusch considerou inaceitável a comparação feita por Requião de que o Paraná passou a existir em 2003, já que o governo que o antecedeu teria entregado o estado com vários problemas.

“O Requião está no cargo há mais de sete anos. Ele teve tempo suficiente para corrigir o que estaria errado, mas deixou a desejar. Mesmo colhendo os frutos da industrialização promovida pelo governo anterior ele não soube como administrar o Paraná”, relatou Rusch, citando como exemplo a instalação de indústrias automobilísticas no Paraná, cujo reflexo positivo pode ser notado na atual gestão. Foi durante o governo Requião que acabou o período de carência para o recolhimento do ICMS concedido como incentivo às empresas. Também houve um aumento considerável nas exportações de veículos pelo Porto de Paranaguá.

“O governo se gaba de que o Porto de Paranaguá é o segundo pólo logístico para o embarque de veículos. Em 2008 foram exportadas via Paranaguá 162 mil unidades e até novembro do ano passado foram 120 mil veículos. O governador esquece que isso ocorre porque a administração anterior promoveu a industrialização do estado”, argumentou. “É inadmissível que a 59 dias do final do mandato o governador continue condenando as empresas que aqui se instalaram e culpando o governo passado para justificar as falhas da atual administração”, completou.

 O deputado Valdir Rossoni (PSDB) também criticou o discurso do governador. “Gostaria de saber o endereço deste estado que o governador Requião descreveu, porque me parece que ele não falou do Paraná. Ele deveria ter vindo pedir desculpas pela desastrosa administração e não pintar o Estado de um colorido que não condiz com a realidade. Este governo peca por governar olhando para o retrovisor sem olhar para o futuro”, criticou Rossoni. “Ele (Requião) não falou do Paraná onde mais de 200 municípios contam com menos de 1% de rede de saneamento básico”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>