9:22Pancada guardada

A pancada no projeto do metrô de Curitiba, disparada pela língua ferina da ministra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência da República, estava engatilhada há tempos no Palácio do Planalto, só esperando a oportunidade de ser desferida. Ela surgiu quando a prefeitura cravou e anunciou com pompa a data de inauguração do primeiro trecho. Quem percorre corredores e gabinetes do poder federal diz que, aí, cristalizou-se a ideia de que era “muita folga” do maior aliado paranaense do adversário de Dilma, seja ele José Serra ou Aécio Neves. Deu no que deu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>