15:09Sinagoga

A  Sinagoga Francisco Frishmann, no Centro de Curitiba, será vendida. Motivo: o caixa da coletividade israelita está quebrando. Como a sinagoga deixou de ser usada há seis anos, a não ser em festas especiais, como Rosh Hashana e Yom Kipur, a venda do imóvel foi a solução para equilibrar o caixa. Uma nova sinagoga será construída no terreno do Centro Israelita de Curitiba, no Centro Cívico, cujos custos serão arcados pelo empresário Miguel Krigsner. A reunião de venda será nesta terça-feira, 27, às 19h, e deve dividir a comunidade. Parte da comunidade tem um vínculo muito forte com o templo religioso. Uma das razões para o não funcionamento da sinagoga no Centro é a questão de segurança. No Centro, alguns judeus idosos que rezavam de manhã ou de tarde já foram ameaçados por neonazistas e também houve ameaças de bombas de grupos árabes. Segue a carta distribuída aos sócios do Centrio Israelita do Paraná: Prezados senhores pais sócios, 

            Externamos, mais uma vez, a importância de sua presença na Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada em 27 de outubro de 2009, terça-feira, às 19:30, no CIP, que deliberará sobre os encargos tributários da Escola Israelita, alienação (venda) da sinagoga na R. Cruz Machado / R. Saldanha Marinho, instituição de direito de superfície sobre parte do imóvel do CIP, de acordo com edital enviado por correspondência e afixado em edital.

            Para atender ao quórum de deliberação de extrema importância a presença de todos, aos quais se reitera a convocação. Ressalta-se ainda que, se impossível vosso comparecimento, seria de grande importância se fazer representar, por outro sócio, por procuração com firma reconhecida.

            Envia-se em anexo uma via da procuração para preenchimento dos dados. Estão disponíveis no CIP, na Escola e no Dror cópias do edital e da procuração. Pede-se licença para lembrar que é possível reconhecer firma mesmo aos sábados1, apesar da preferência por elaborar o documento fora do horário de shabat.

            Por fim, se não for possível reconhecer sua assinatura na procuração, em vista da relevância ímpar de que se reveste Assembléia, pede-se por gentileza, levar a procuração na segunda-feira para o CIP, logo pela manhã, indicando o cartório em que já tem firma (papeleta), aos cuidados da Sra. Simone. Na medida do possível, tentar-se-á proceder aos reconhecimentos de firma entregues na segunda-feira.

Cordialmente,

Centro Israelita do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>