19:01PMDB anuncia chapa com Pessuti e Requião

O PMDB de Curitiba informa:

O PMDB de Curitiba vai formalizar nesta quarta-feira (14) a inscrição da chapa “Pessuti e Requião” para a convenção do próximo dia 24 de outubro, às 10h, na sede do diretório estadual. “É uma chapa de unidade em que terá a candidatura de Orlando Pessuti ao Governo do Estado como vetor da mobilização da militância e dos simpatizantes peemedebistas de Curitiba e região metropolitana”, disse Doático Santos, presidente do partido.

         A subscrição da chapa peemedebista, às 18h desta quarta-feira, antecede a palestra do professor Mangabeira Unger, às 19h do mesmo dia, também no diretório estadual do PMDB. Mangabeira Unger se filiou ao PMDB em setembro e vai falar sobre projetos de desenvolvimento ao país.

     Mangabeira Unger defende iniciativas que vão desde o aumento do salário mínimo e redução acelerada dos juros até uma completa reformulação nos sistemas econômico, trabalhista e político e no modelo educacional do país. “O Paraná construir uma referência nacional de políticas públicas que precisa ser notada, especialmente na área de educação”, disse Mangabeira.

     Outro peemedebista que estará em Curitiba ainda em outubro será  o senador gaúcho Pedro Simon. Ele receberá o título de cidadão honorário do Paraná – homenagem proposta pelo deputado Caíto Quintana. Simon faz coro aos peemedebistas paranaenses e discorda também da condução política do diretório nacional a respeito da participação do partido na eleição presidencial de 2010. “A direção do PMDB age para situar o partido como mero figurante nas eleições de 2010”, diz Simon.

     UNIDADE – Já a antecipação da chapa de unidade a ser eleita na convenção de 24 de outubro, segundo Doático Santos, é uma referência e homenagem aos dois principais líderes peemedebistas do Paraná: o governador Roberto Requião e o vice-governador Orlando Pessuti. 

     Requião comporá o novo diretório que contará ainda com os nomes dos deputados estaduais Alexandre Curi, Luiz Cláudio Romenelli e Cleiton Kielse, dos deputados federais Rodrigo Rocha Loures e Marcelo Almeida, e dos secretários de Estado Luiz Fernando Delazari (Segurança), Heron Arzua (Fazenda), Rogério Tizzot (Transporte), Nizan Pereira (Assuntos Estratégicos), Rafael Iatauro (Casa Civil), Milton Buabsi (Assuntos da Comunidade) e Júlio Araújo (Obras).

     Também integrarão o novo diretório do PMDB na capital, Stênio Jacob (presidente da Sanepar), João Arruda (secretário geral do partido), Bruno Pessuti (da JPMDB) e Samuel Gomes (presidente da Ferroeste). Ao todo, serão 45 membros efetivos e 15 suplentes, bem como 30 delegados à convenção estadual, à constituir a representação partidária. 

     CHAMADA GERAL – Segundo Doático Santos, a convenção do PMDB será um ato de reafirmação das políticas sociais do Governo Requião, “ao mesmo tempo em que cumprirá o papel de uma chamada geral aos dirigentes, militantes e simpatizantes do PMDB para o projeto partidário de 2010 a ser encabeçado pela candidatura de Orlando Pessuti para o cargo de governador do Estado”.

     As convenções marcadas para todos os diretórios municipais no dia 24 de outubro – segundo Doático Santos – vão referendar a indicação de Pessuti como candidato do partido ao comando do Estado em 2010. “A ampliação das políticas sociais e de desenvolvimento dependem de um governo identificado com a vocação popular. Esse governo a partir de 2010 tem nome e sobrenome: Orlando Pessuti”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>