22:05Rone no quartel, tragédia na rua

 Da liderança da oposição na Assembleia Legislativa:

O deputado Plauto Miró Guimarães (DEM) apresentou uma denúncia preocupante e que segundo ele pode ter contribuído para que a chacina ocorresse. De acordo com o deputado uma decisão da Secretaria de Segurança Pública determinou que as viaturas da Rone deixassem de realizar operações na cidade de Curitiba e ficassem dentro do quartel. “Não satisfeito, na sexta-feira (02) o secretário determinou que sete viaturas fossem transferidas para a cidade de Foz do Iguaçu. A Rone em Curitiba ficou desfalcada, praticamente sem viaturas, e no domingo aconteceu essa tragédia. Tiveram que improvisar para que os policiais pudessem atender ao chamado”, denunciou. “O que está acontecendo? Será que fizeram isso para a polícia não trabalhar mais?”, questionou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>