11:07Dois palanques e uma discórdia

Na avaliação de alguns comandantes do PMDB, a intenção do PT é ter os palanques de Osmar Dias (PDT) e Orlando Pessuti (PMDB) no ano que vem, pois precisa tirar a vantagem que José Serra (PSDB) tem na província. Por isso o partido vai levar no banho-maria as conversas com o governador Requião, até ele renunciar ao cargo para se candidatar ao Senado. Segundo estes peemedebistas, os que comandam o PT em Brasília e aqui acham que Requião perde poder e as negociações ficam mais fáceis. Ainda segundo estes peemedebistas, o problema é que Requião e Pessuti não aceitam esse jogo. Assim, ele pode liberar a bancada na Assembleia, que vê o ninho tucano como a salvação. O vice-governador, segundo essa avaliação, também não aceitaria apoio dividido – e ficaria neutro na parada. Isso é política!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>