12:39Sine Pornô

Na voz de… Falcão

Quando o dia nasce e eu me vejo vivo
Sujo, magro, feio e desempregado
Não sei se me mato
Se faço uma rifa
Se fundo uma igreja
Ou me candidato
Saio para a rua tão sem esperança
Muito mais perdido que cachorro
Que cai de caminhão de mudança
Pra comprar um pão…preciso dinheiro
Pra tomar uma cana…preciso dinheiro
Pra tudo no mundo…preciso dinheiro
E pelo que eu tô vendo, vou acabar tendo
Que trabalhar ao menos
Meio expediente…
Pois o presidente diz e a coisa é séria:
“Sem o seu trabalho, o homem não tem férias”

de Falcão e Tarciso Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>