17:25Recorde a ser batido

Na Vila Fuck o novo recorde mundial do Usain Bolt foi comemorado porque, ali, a maioria também é irmã de cor do jamaicano. Mas João da Canhota, eterno militante revoltado, não perdeu a oportunidade do discurso: “No dia em que o povão se revoltar aqui nesse Brasil, os ladrões da nossa política vão bater fácil o recorde deste negão. Mas mesmo assim não vai adiantar nada na hora do pega-pra-capar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>