15:30Justiça paralisa obras de aterro sobre Aquífero Karst em Itaperuçu

Do jeito que veio: 

Depois de muita mobilização, a população de Itaperuçu ganhou um forte aliado na batalha contra a instalação de um lixão no município: o Ministério Público do Estado do Paraná. Por meio de uma ação civil pública, protocolada no último dia 30 de julho, foi concedida uma liminar que interrompe os trabalhos de instalação do aterro sanitário da empresa Protocol – Consultoria e Empreendimentos Ambientais Ltda. Esse lixão seria criado em uma área rural, sobre a região de manancial para abastecimento público que é protegida pelo Decreto Estadual 3.411/2008 (Aquífero Karst). No processo, o promotor de Justiça de Rio Branco do Sul, Alexandre Ramalho de Farias, requer a anulação de uma licença ambiental que teria sido concedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) para amparar o empreendimento. A empresa foi notificada e deve suspender imediatamente os trabalhos de terraplanagem que vinham sendo feitos na área. Caso contrário, será multada em R$ 100 mil/dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>