17:35O senador ataca na Grande Curitiba

O senador Osmar Dias (PDT) não abre a boca para falar da muvuca que envolve o prefeito Beto Richa (PSDB). Não é bobo. Se abrir o bico para dizer um “a”, colocam uma crase nele e escrevem um livro em cima. Segue seu caminho fazendo campanha, sim, porque já anunciou que é candidato – e fim de papo. Ontem esteve numa reunião de quase mil pessoas no Madalosso. Também se reuniu com prefeitos da região metropolitana. Não por acaso foi nessa grande área que perdeu a eleição por uma merreca de votos para Roberto Requião (PMDB) em 2006. O discurso deles para os prefeitos que vão ficar no posto até 2012 é direto: diz que a tal integração com Curitiba é só no papel, que isso tem que ser mudado porque está havendo mudança no jogo político na região e estes municípios agora estão ganhando identidade própria. O senador se encontrou ontem com os prefeitos de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues (PTB); Piraquara, Gabriel Jorge Samaha (PPS) e Colombo, Jota Camargo (PSC). Ouviu o rol de necessidades destes municípios e amanhã coloca tudo em discussão no encontro que vai ter em Colombo para discutir as questões. Mas indicou na reunião o caminho da mudança na área de distribuição de verbas. O caso de Piraquara, por exemplo, é emblemático. O prefeito Gabriel Samaha, por exemplo, diz que Araucária é privilegiada com forte aparato policial porque arrecada muito em impostos por conta da refinaria que polui o ambiente. Na cidade dele, falta segurança, apesar de a área ser de manancial e abastecer a região com água. Isso é campanha! Isso é política!

2 ideias sobre “O senador ataca na Grande Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>