15:32Família Yared faz apelo para que partidos recusem filiação de Carli Filho

Olhaí o que rendeu a entrevista do prefeito de Guarapuava Fernando Ribas Carli, que admitiu a possibilidade de seu filho, o ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, voltar à política. O texto que segue, convocando a imprensa para uma entrevista coletivam para logo mais, foi distribuído pelo advogado da família Yared:

Tendo em vista as lamentáveis declarações feitas pelo pai do ex-deputado Fernando Ribas Carli Filho, no sentido de que o duplo assassinato por ele protagonizado teria sido “um mero acidente” e que, portanto, ele “poderá sair candidato novamente”, a família Yared manifesta publicamente seu repúdio e está convocando uma coletiva nesta tarde, às 16h00, no escritório jurídico Elias Mattar Assad, situado na rua Campos Sales, 771 – Juvevê, em Curitiba. Na coletiva a família Yared fará um apelo aos partidos políticos brasileiros para que se recusem a filiar o ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho, tomando por base a gravidade dos fatos. Tais apelos serão dirigidos também para as cúpulas nacionais partidárias no sentido de que não referendem eventuais imoralidades políticas no Estado do Paraná. Para Gilmar Yared, os partidos deverão observar que o PSB expulsou o ex-deputado de seus quadros (segundo o Presidente estadual do PSB – Severino Nunes de Araújo nos próximos dias a expulsão será comunicada oficialmente para a Justiça Eleitoral). Para o advogado Elias Mattar Assad, “o que diferencia facções ou partidos políticos de quadrilha ou bando, do artigo 288 do Código Penal, é a observância de regras éticas e do princípio da moralidade, pelo que merece um voto de louvor o PSB do Paraná”. Destaca ainda o advogado Elias Mattar Assad que, conforme se deliberou em evento nacional: “As reformas políticas e institucionais de que necessitam o País, a nação e o povo, devem ser implementadas pelos poderes do Estado com a participação dos cidadãos, tendo por princípios básicos que os partidos políticos não são meros grupos de interesse fazendo petições ao governo em causa própria, mas ao contrário, associações éticas para servir ao bem comum.” (Carta Brasil 2006 de Direitos Humanos). Para Cristhiane Yared, o partido político que acolher Carli será alvo do repúdio da opinião pública e fará uma campanha para que as pessoas não votem em nenhum dos candidatos daquele partido. Se necessário, irá para as ruas de todas as cidades do Paraná e outras capitais brasileiras fazendo apelos no sentido.

7 ideias sobre “Família Yared faz apelo para que partidos recusem filiação de Carli Filho

  1. zero

    Ah, mas é claro que o PP (partido dos picaretas Belinati, Barros, Maluf, Janene, Severino Cavalcante et caterva) é que vai dar filiação a ele.

  2. jose

    Zero, acho que não este o partido, o precedente está no PMDB, o 1º sobrinho já fez uma m…, lembra?

  3. Jeff

    Para o PT é fichinha, afinal, o playboy Carli Filho só matou 2.
    Perto de Dilma, Genoíno, e outros terroristas tidos como “combatentes contra a ditadura”, com dezenas de delitos nas costas, o que é Carli Filho?
    Um nada.

  4. John

    Já deu pra essa familia… Já deu…

    A gente já sabe que o playboy fez merda… Todo o Brasil já viu isso… Mas dá nojo isso tudo. Tudo que é demais enjoa… Ou enoja…

    Eu tô cansado disso, eu tô de saco cheio… Porque vai chegar o dia que a mãe do rapaz vai apelar para o ex-deputado meter uma bala na cabeça. Nada satisfaz essa gente, só a sanha sem tamanho de aparecer e espezinhar. A verdade é uma só: errou??? tem que pagar. Mas vai pagar conforme o previsto na Lei e não nos ditâmes que Cristiane e Gilmar Yared, amparados pelo digníssimo advogado Assad preconizam. Estão brincando de Deus agora?

    Essa história já passou dos limites do aturável. Isso já virou uma grande palhaçada. Que não tem mais graça.

  5. Tchê

    o PMDB aceita já tem um que já matou em acidente de trânsito , quem sabe sai dobradinha …
    Deputado Estadual e Federal Velozes e Furiosos

  6. Deck

    John,

    Talvez, quando você ver (Deus queira que isso não aconteça

    com o senhor) parte da cabeça de seu filho jogada na grama

    por culpa de um delinquente, talvez você não enjoaria.

    Poderia pegar nojo sim, nojo da impunidade no Brasil… Nojo

    que seu parente seja só mais um número em uma estatística

    de mortes no trânsito.

    Eu também tenho nojo.. mas são de pessoas que entram em

    ondas momentâneas. Nojo das que apóiam, fazem-se de

    indignadas, mas no fundo, querem deixar a violência, a

    corrupção política, tudo

    na mesma, com um pensamento atrofiado.

    Disso sim que eu tenho NOJO!

  7. sabe tudo

    É Sr John…..
    Cuidado que o mundo dá voltas!
    Lave bem a sua boca antes de falar da família das vítimas, pois o seu veneno pode mata-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>