20:25R$ 1,6 mil na fita

A manchete da Gazeta do Povo deste domingo, sobre o famoso dvd que tenta atingir o prefeito Beto Richa por uma suposta compra de apoio de candidatos a vereador do PRTB, é  “Lealdade a R$ 1.600″. Bem, por essa quantia, se o prefeito reeleito tem alguma culpa do cartório, deveria desistir da política. Oficialmente sua campanha gastou R$ 6,8 milhões e, pelo que se sabe, a gravação foi feita no dia 28 de setembro, pertíssimo da eleição e quando estava com 75% da preferência do eleitorado. Se ele gastou pouco menos de 50 mil de forma ilegal, com dinheiro ilegal, não contabilizado, seria um atestado de insanidade. Nem para sensacionalismo de campanha este dinheiro serve. Resta agora saber o que o programa Fantástico vai mostrar. Se esta coisa ficar no R$ 1,6 mil, pagos em duas vezes, supostamaente para cobrir despesas com gasolina e outras da campanha destes candidatos, hummmmmmmmmmm.

8 ideias sobre “R$ 1,6 mil na fita

  1. RODRIGO

    Eu não vejo tudo.

    Essa porcaria de vídeo foi gravado no dia 28 de setembro de 2008, faltando poucos dias para a eleição. Nesta data, Beto Richa estava com mais de 74% de preferência do eleitorado. Agora eu pergunto: por que o prefeito iria fazer uma bobagem dessas, de comprar 23 candidatos que não tinham peso algum, faltando poucos dias para o pleito e pagando 1.600 reais???? Chega a ser patético. O que o Beto iria conseguir com esses 23 indivíduos, sendo que quase 80% da população estava apoiando sua candidatura.

    Pode ter sujeira por trás?? Claro que pode!!! Mas esse vídeo vai sair e se há algum culpado com toda a certeza deve ser punido. Agora, ninguém aqui pode ser ingênuo e acreditar que não há o dedo das forças requianistas nisso aí. A Maria Louca tinha essa vídeo nas mãos antes mesmo do Beto imaginar que isso caíria na mídia. Achar que o doidão do Canguiri não tem nada a ver com o fato é pura ingenuidade!!!

  2. Diana

    É, estão vendendo este jornal com essa manchete em letras garrafais desde as 6 da tarde, não tive vontade de comprar e não vi ninguem nos carros ao lado comprando… tambem não tenho vontade de assistir o fantástico, prefiro um cineminha.

  3. Juarez

    Ah, então é pouco?

    O escândalo dos Correios não começou com uma fina mostrando uma propina R$ 3 mil?

    Ahhhhhhhhhhhhhhh tá.

    Então roubar pouco pode? É isso?

    E mais: quem escamoteou propinas de R$ 1600 na campanha não pode ter escamoteado muito mais?

    Isso pode ser só o topo do iceberg.

    Totalmente parcial este seu post, meu caro.

    E viva o fim do diploma…

  4. Juarez

    Ah.

    Aliás, se R$ 1,6 mil é pouco e está liberado, então aceito o meu quinhão na próxima campanha eleitoral.

    Viva a pequena pronina, que não mata ninguém e é só um pouquiiiiiiiiiiiiinho aética!

  5. Cidadão

    PELAMORDEDEUS ZÉ BETO. Não sei o que ( ou quanto) houve para a Gazetona mudar tanto de alvo em suas reportagens, mas como seu leitor diário, diria até (horário) , estou estranhando essa sua visão sobre as possíveis falhas do Prefeito. Quer dizer que pra ele PODE. o Assessor recebe salário da sogra fantasma durante vários anos, alguem descobre ( tudo bem, devolve e fica por isso mesmo). Aparece um video mostrando compra de apoio ( é pouco dinheiro,vamos demitir os envolvidos ) depois nós resolvemos a vida deles de outra forma. Então é assim, feito garantia de concessionária de carros usados , ( diz aí que é de 3 meses ) se der problema depois a gente arruma , e pronto. QUE PENA. parece que o menino de ouro é tão novo , mas tão igual. mas de voce espero mais , parceiro. Alguem com a coragem de mandar carta aberta ao jovem advogado, alguem com a sua coragem de se expor completamente, não vai nos trair também, né ? pelamordedeus, resista. abraço

  6. Dá-lhe

    Gozado o comportamento da Diana. Diz ela que não quer ver nada, saber de nada. Talvez a psicologia explique esse tipo de comportamento que é mais adequado aos avestruzes. É Diana, a coisa já está feia e pode ficar mais ainda. Será o principio do fim? Hum, hum, hum?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>