7:48Petrobras comunica

Do ombudsman:

Para leitura do ex-ministro Zé Dirceu, deu no Estadão, em reportagem de Irany Tereza:

Petrobrás gastará R$ 540 mil com assessoria

Só ontem estatal revelou valor de contrato para ajuda durante CPI

A Petrobrás pagará, pelo menos, R$ 540 mil pelo assessoramento de comunicação durante a CPI aberta no Senado para investigá-la. A estatal informou que o contrato com a Companhia de Notícias (CDN) para esse fim foi assinado apenas ontem, embora há cerca de duas semanas a empresa tenha confirmado o acerto. No dia, 5 o Estado encaminhou à Petrobrás uma série de perguntas sobre o contrato. As respostas vieram aos poucos e a conclusão, apenas ontem. “O contrato só foi assinado hoje. O valor mensal é de R$ 180 mil mensais para um período de três meses, renovável por mais três meses”, informou a assessoria da estatal, por e-mail, avisando que a informação seria postada no blog da companhia no mesmo dia da publicação pelo Estado.

Na quinta-feira, o blog da Petrobrás – que causou muita polêmica por divulgar informações pedidas por veículos de comunicação mesmo antes da edição das reportagens – completou dez dias, fato que foi comemorado na própria página digital com um artigo intitulado Mão Dupla, que terminava com a transcrição das críticas recebidas pelos principais veículos de comunicação do País. “Dez dias após o seu nascimento, o blog da Petrobrás registrou milhares de elogios pelas suas características inovadoras, valorização da transparência e democratização da informação. Recebeu, também, críticas dos veículos de comunicação, principalmente aquelas relacionadas ao exercício do trabalho dos jornalistas. Fizemos ajustes no nosso horário de publicação. O blog manteve o seu objetivo inicial”, dizia o artigo.

Apesar de a criação do instrumento na internet ter coincidido com a contratação da consultoria de comunicação, o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, garantiu, na semana passada, que o blog foi uma ideia interna da empresa. Ele justificou a contratação da CDN especificamente para o acompanhamento da CPI dizendo que nem todos os 1.150 profissionais de comunicação da estatal são jornalistas.Também argumentou que as demandas da imprensa no processo da CPI consumiriam uma jornada extra difícil de ser assumida pelo corpo de assessores diretos.

Ao contrário do que ocorreu com outros questionamentos de jornalistas, as perguntas sobre a contratação da CDN pela Petrobrás demoraram a ser incluídas no blog. Na quarta-feira, a estatal incluiu na página da internet as respostas do Estado com relação à mudança de tratamento, explicando que havia sido apenas um “equívoco interno”.

2 ideias sobre “Petrobras comunica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>