7:41Beto e Alvaro no burburinho de Foz

Beto Richa disse ontem em Foz do Iguaçu que tem vontade de um dia ser governador do Paraná e está preparado para isso. Se alguém for à Assembleia Legislativa do Paraná e fizer a pergunta, vai ouvir 54 respostas idênticas. Na Câmara dos Vereadores de Curitiba serão outras 38, como num disco furado. O mais interessante mesmo no encontro de ontem da fronteira foi a reação do senador Alvaro Dias, segundo relato da repórter Fabiula Wurmeister, da sucursal da Gazeta do Povo. Ele deu a entender que se os tucanos escolherem o prefeito de Curitiba (como se isso já não tivesse acontecido) para a disputa, pode apoiar o irmão, o senador Osmar Dias (PDT) nesta briga. Ainda joga com um possível acertão nacional, onde ele seria ungido como candidato no vácuo da candidatura presidencial do partido. Hummmmmm. Parece que só ele não sabe que os governadores José Serra e Aécio Neves, que disputam a honra de concorrer com contra o candidato do presidente Lula, só são olhos para Richa, ou melhor, para os votos que Richa pode carrear para o balaio de um deles. Alvaro Dias, contudo, é profissional. Vai jogar para a torcida até a hora em que ficar melhor no quadro. Provavelmente tem em mente um ministério lá na frente, seja qual for o governo. Depois, tem a vantagem de ter mais quatro anos de Senado, seja lá que resultado essa barafunda vai dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>