15:36Na política

Do filósofo do Centro Cínico:

A propósito da confusão que a frase sincera da vereadora do PPS causou a alguns de seus pares na Câmara Municipal, nunca é demais lembrar a história daquele sujeito que virou político e não queria que a pessoa mais importante da vida dele soubesse. Por isso, chegou para um amigo que sabia da nova vida e implorou: “Não diga para minha mãe que entrei para a política. Deixa ela pensando que continuo tocando acordeon na zona”.

Uma ideia sobre “Na política

  1. JOÃO CARDOSO

    Essa vereadora é filha do Rubens Bueno, o homem do voto limpo, só no discurso. Ele se enterrou para sempre na política, quando fez um grande acerto com a extrema direita, a antiga Arena ou PDS (partidos da Revolução de 64), com o Cassio Taniguchi e o Jaime Lerner, no esquema do ex-PFL – direittona e atual DEM

    Nesse acordo ele elegeu a turma do PFL, e jougou fora os candidatos do PPS, que cairam fora – todos – e passaram a denunciar o Rubens em todo o Paraná.

    Ela é fruto desses rolos polítcos promovidos por seu paí, e a fruta não cai longe do pé, vai gerando novas árvores do fruto amargo das política rasteira. E dá-lhe propaganda de voto limpo. chega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>