17:38Máscara azul

Robério Tala Larga tem acomphado com atenção o noticiário estilo pânico na multidão sobre a tal de gripe suína. Lá na Vila Fuck o chamam também de Pardal, sem o professor, porque ele gosta de inventar coisas e sempre diz que um dia vai ficar milionário. Até hoje não conseguiu trocar o par de meias que comprou no dia em que os militares resolveram tomar conta do país.  Pois o Pardal Tala Larga ficou observando todas as imagens mostradas do povão apavorado em ruas, aeroportos, etc – e sonhou alto, sem se preocupar com o vírus: “Ah se eu fosse o fabricante daquelas máscaras azuis…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>