11:20Puxem a descarga!

A capa da Veja desta semana é um primor. Há tempos a revistona da Editora Abril não emplaca algo tão contundente. Sobre o título “Puxe para se livrar deles”, há um foto do famoso recepiente de água para descarga de banheiro e, nele, o teclado de uma urna eleitoral eletrônica, com uma seta para baixo. O texto complementar é simples e direto: “A falta de honestidade, pudor, decoro, compostura e espírito desmoraliza o Congresso. Só o voto pode banir os maus políticos sem ameaçar a democracia”. Em brasileiro claro a revista chama de merdas os salafrários que se acham impunes e aprontam uma atrás da outra  (o da esbórnia das passagens aérea é o mais recente de uma série infindável) com o seu, o meu, o nosso dinheiro. Perfeito.

2 ideias sobre “Puxem a descarga!

  1. jango

    Não há dúvida que seria um mecanismo ultra eficiente se o povo soubesse a força que tem, um simples toque com o dedo e mandamos estes dejetos para o seu devido lugar. Ocorre que deixar na mão ou nos dedos do povo, infelizmente, não vai resolver a questão. O mais triste e vergonhoso de tudo isto é que tais deputados, pelo jeito da coisa, não serão processados por usar dinheiro público indevidamente, sequer devolverão o dinheiro gasto, colocaram um pano em cima, dando mais um exemplo escrachado de impunidade. Ocorre que as nossas ditas autoridades de controle público e a própria sociedade através de suas organizações civis se fazem de desentendidas, não reagem aos seguidos descalabros públicos, deixando tudo nas mãos ou nos dedos do povo. Aí então os cães continuam passando e a caravana continua ladrando e tudo fica como antes, o povo pagando a conta e os políticos e gestores públicos descobrindo novos canais de safadeza. A força de um dedo somente e nem isto o povo é capaz de fazer.

  2. Anderson

    Replicando um comentário que eu fiz no blog do nego pessoa mas que tem tudo a ver:

    Só vejo uma única soluçao para o nosso congresso(e para a politica brasilileira):

    Voto Distrital puro com eleições alternadas entre poderes (uma eleição votamos no executivo e na outra no legislativo).

    Não seria ótimo isso? Ora votamos para prefeito, governador e presidente e ora para vereador deputados e senadores (votar neste ultimo poderia ser dispensável. A escolha poderia ser feita pelos deputados eleitos do estado)

    Em momentos como este a pergunta seria: o que pensa o “meu deputado” sobre este assunto?” Se ele defende a farra, fica mais fácil criticar, punir ou mesmo fazer campanha contra.

    Que tal começarmos uma campanha propositiva neste sentido?

    Voto distrital já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>