17:20Bomba adiada

O radar não explodiu no Tribunal de Contas. A questão foi adiada para a semana que vem. Isso porque, no meio das discussões, ficou-se sabendo que a Urbs entrou com um agravo contra a liminar concedida pelo conselheiro Caio Soares, corregedor da Corte, que suspendeu a licitação para a escolha da nova empresa. A conferir.

Uma ideia sobre “Bomba adiada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>