11:48Chupim em Chopinzinho

O Ministério Público do Paraná informa:

A Promotoria de Justiça de Chopinzinho propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra um investigador da Polícia Civil que atuava na delegacia da cidade. Conforme relata o Ministério Público na ação, Clodomir José de Bomfim e seu filho, Bruno Jean de Bonfim, são suspeitos de facilitar a fuga de presos da cadeia do distrito. O MP-PR questiona também o uso de uma viatura da polícia pelo investigador para fins particulares e a “autorização” que teria dado ao filho para morar na sede da delegacia. Se condenado por ato de improbidade, o policial pode sofrer sanções como a perda da função pública e pagamento de multa, entre outras. No mês passado, a Promotoria apresentou denúncia criminal contra o investigador e seu filho pelos crimes de facilitação de fuga e corrupção. O policial também foi denunciado por prevaricação. Os dois teriam deixado cinco presos escaparem da delegacia.

Na ação proposta, o MP-PR ressalta:

“Busca-se, com esta ação, acima de tudo, o devido respeito aos princípios norteadores da administração pública (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), bem como os deveres de honestidade e lealdade as instituições, notadamente ao Poder Executivo do Estado do Paraná, notas marcantes e esperadas de todos quantos pertençam aos quadros do funcionalismo público”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>