10:59Todo Dia Era Dia de Índio

Na voz de… Baby do Brasil

Curumim, chama Cunhatã
Que eu vou contar

Todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índio

Curumim,Cunhatã
Cunhatã,Curumim

Antes que o homem aqui chegasse
As Terras Brasileiras
Eram habitadas e amadas
Por mais de 3 milhões de índios
Proprietários felizes
Da Terra Brasilis

Pois todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índio

Mas agora eles só têm
O dia 19 de Abril

Amantes da natureza
Eles são incapazes
Com certeza
De maltratar uma fêmea
Ou de poluir o rio e o mar

Preservando o equilíbrio ecológico
Da terra,fauna e flora

Pois em sua glória, o índio
É o exemplo puro e perfeito
Próximo da harmonia
Da fraternidade e da alegria

Da alegria de viver!
Da alegria de viver!

E no entanto,hoje
O seu canto triste
É o lamento de uma raça que já foi muito feliz
Pois antigamente

Todo dia era dia de índio
Todo dia era dia de índio

de Jorge Benjor

2 ideias sobre “Todo Dia Era Dia de Índio

  1. Olhar de lince

    É, letra de música aceita tudo. Mas, também dá para dizer que os índios já não são os mesmos. Nem poderiam, né? Hoje eles vivem – também, e muito bem, diga se passagem – vendendo madeira nativa, e algumas tribos são aliadas dos fazendeiros na derrubada de árvores para exportação de madeira.
    Andam de caminhotes do ano, cheios de ouro e aprontando das suas. A letra da música é simplesmente mais um saudosismo. Nada ficará intocado para sempre. Todo dia é dia de índico e de brancos e negros também. Afinal, a alegria de viver deve contagiar a todos.

  2. Pé Vermelho

    Os olhos desse lince tem catarata, glaucoma, remela, conjuntivite, terçol. Foi a própria convivência ”com nosco” que transmudou a índole dos verdadeiros donos da ‘Brasília terra est’ (Ars Latina). Convivamos pois, com o resultado dos nossos péssimos exemplos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>