12:00Burrice

O deputado Nelson Justus (DEM), presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, está melhorando. Em entrevista publicada hoje no jornal” O Estado do Paraná” ele utilizou um termo que todo brasileiro entende para insistir na explicação de que não existem 45 funcionários por gabinete no Legislativo. Disse, com todas as letras, que isso é burrice – e arrematou afirmando que tal assertiva também é maldade. Ô, dó! O nobre nem precisa explicar se acha correto a Casa que comanda ter 2,5 mil servidores, mesmo porque isso é uma herança do tempo do Onça. Ele tem de ser claro ao apontar quem fez a afirmação que tanto o irrita. Qualquer pessoas de inteligência pouco acima da do um analfabeto funcional sabe que a única maneira de se calcular, na média, quantos fucionários existem por deputado, é dividindo a soma total pelo número de legisladores. A pergunta feita na entrevista de hoje estranhamente levantou a bola para Justus dar a resposta que queria. Como o parlamentar Democrata é capaz até de desmanchar o penteado ao ler que a Assembleia tem, sim, 45 funcionários por deputado, vai uma sugestão: que se estabelaça uma conta mais simples, apontando que a impoluta, transparente e bem pintada Casa do Povo tem 2,5 mil funcionários por presidente. E estamos conversados.

5 ideias sobre “Burrice

  1. Rock

    Onde estão as pessoas de bagos rochos para chegar na assembleia e fazer uma faxina, que apareça lideranças e convoque a população que com certeza estarei la com o meu vassourão para ajudar desifectar aquela casa.

  2. Craveiro

    Em época de campanha, o Justus ( que nem boca de cabrita) coloca um bonecão/clone na rua. É o típico caso do cara parecido com o boneco e não ao contrário como deveria acontecer. Esse Justus tem uma cara que é a alegria de caricaturistas. O topete dele é o mesmo daqueles que as meninas curitibanas usavam nos anos 90. Só que ele permanece com o seu penteado. Mas, o que fazer: ele é a síntese de nossa Assembléia!

  3. SFU

    Permita-me, por favor, colunista, repetir o meu comentário à postagem anterior, pois minha opinião continua a mesma. Não, não! Mudou para pior. Esse “elemento” parece-me, também, mal-intencionado, já que tenta à força da mídia impingir-nos, aos eleitores, uma inverdade como verdade, o 2+2=5 contra a aritmética, a antirrealidade contra a realidade e, finalmente, tonar irrelevante o abuso e o exagero cometidos contra o contribuinte, como se todos fôssemos néscios:

    SFU Diz:

    3 abr 2009 – 15:39
    O “nobre” deputado deve provar a si e à sociedade que é competente. Para tanto, deveria deixar a mamata e a maciota da politicagem, com ganho fácil, por dentro e por fora, e ir trabalhar. Trabalhar de verdade! Manter uma profissão, administrar a sua vida e a de sua família com uma atividade produtiva, não essa, a predatória.

  4. LALO

    O pior de tudo é saber que eles controlam tudo todos, será que merecemos estes lideres, somos piores ou esse é o preço da pseuda democracia brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>