16:15Ministério Público informa que auditoria do “caso Roldo” terá nova avaliação

O Ministério Público do Paraná informa: 

A Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Curitiba esclarece que o Procedimento Administrativo nº 114/2007, que trata da apuração de cumulação indevida de remuneração pela pessoa de Deonilson Roldo, então Secretário Municipal de Comunicação Social, segue sob investigação, ou seja, o Ministério Público do Paraná ainda não chegou a uma conclusão definitiva sobre o caso. Informa também que o procedimento passará por nova avaliação do setor de auditoria do MP-PR.

4 ideias sobre “Ministério Público informa que auditoria do “caso Roldo” terá nova avaliação

  1. Pedro Celso de Mari

    Fico impressionado como um sujeito tão bem-sucedido, tão bem estabelecido na vida, com uma casa impressionante, com um bistrô-laundry de alto nível, com um padrão tão elevada na escala do capitalismo curitiboca, faz questão de – ainda – morder uns caraminguás da honradíssima Assembléia Legislativa… Ah! A natureza humana! Por muito menos o Ezequias foi embora, cuidar da sogrona querida.

  2. Keira Dessert

    É lamentável a baixeza dos nossos homens públicos. Como bem palestrou a professora americana Laura Nash ontem no Teatro Paiol, em promoção da FGV, a ganância está fora de controle. “How much is enough?” Sr. Deonilson, pare de alimentar seu “lobo mau” (bad wolf) com o dinheiro público. Faça o favor de voltar ao seu empreguinho na Assembleia Legislativa e cumprir expediente ao invés de fazer campanha em Londrina às custas do contribuinte curitibano que paga seus vencimentos com dedicação integral e exclusiva ao cargo.

  3. Alexandre

    E os outros jornalistas…graúdos…que ganham de órgãos da Prefeitura, mas estão a disposição?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>