19:10Sem férias no bolso

Do nosso correspondente da Grande Curitiba e sua insana pesquisa econômica na orla:
Quem está no litoral paranaense não pode pensar em fazer economia. Foi embora a CPMF mas subiu pra caramba o preço do pão e do milho verde na virada do ano. Até o Natal quando era menor a presença de veranistas, o pão nosso de cada dia era encontrada entre R$3, 50 e R$4 o quilo. Agora saltou para cincão. O milho passou de dois para três. Nos mercados o refrigerante custa, em média, dez por cento a mais que em Curitiba. E a maior sacanagem é com a população local que não sai em viagem de lazer e sofre com a mesma exploração que apavora os turistas.

Uma ideia sobre “Sem férias no bolso

  1. Pé Vermelho

    A população local deveria ser identificada para não pagar os preços socados nos farofeiros. Assim como os carros de Guaratuba para não pagarem a balsa. ‘Ferry-boat’, mais uma frescura importada. Balsa é mais legal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>