10:45Motorista, motorista, olhe o poste, olhe o poste, não é de borracha, não é de borracha

Iara Thielen é professora da Universidade Federal do Paraná. Para sua tese de doutorado, ela foi às ruas de Curitiba ouvir os motoristas. Entrevistou 20 com nove ou mais infrações de trânsito e 16 sem nenhuma multa. Chegou à seguinte conclusão: os motoristas com multas são individualistas, têm autoconfiança exagerada e percepção distorcida sobre o Código Brasileiro de Trânsito. Além disso, dificilmente respeitam a sinalização e, quando o fazem, é porque são inibidos por agentes externos, como os radares. Apesar disso, segundo Iara “eles se julgam hábeis condutores”. A pesquisa teve como ponto de partida o excesso de velocidade. A pesquisadora ficou espantada com as respostas distorcidas. Segundo ela, muitos motoristas disseram que foram multados não porque aceleraram demais, mas porque havia um radar naquela rua e não foram capazes de frear a tempo. Ou ainda porque determinado radar estava em uma posição de difícil visualização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>