16:43Trabalha um dia, folga o outro

Do site Espaço Vital (www.espacovital.com.br):  “Quando o Poder Judiciário se une para gritar contra a sobrecarga de trabalho, a estrutura precária e a falta de braços, motivos usados para justificar os mais de 60 milhões de processos parados nos tribunais, se esquece de um pequeno detalhe: a quantidade de dias em que a Justiça simplesmente não funciona. “Subtraídos finais de semana, feriados, férias, recessos e outras folgas, sobram apenas seis meses por ano para o Judiciário trabalhar. Dito em outras palavras: para cada dia de trabalho, os membros do Judiciário tem um dia de folga”. A matéria foi publicada em novembro passado pela revista Consultor Jurídico e vem à baila, de novo, agora,  quando o Senado obstrui  a votação do projeto de lei – pedido pela OAB gaúcha – que permitiria 18 ou 30 dias de férias para os advogados.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>