15:18Cala a boca!

No plenário da Assembléia, o dr. Batista (PMN) dá explicações sobre sua “assinatura fantasma” no documento que viabiliza o pedido para a PEC do nepotismo. Confirmou que não sabia o que estava assinando. Alguém, então, gritou: “Cala a boca, Batista!”

Uma ideia sobre “Cala a boca!

  1. jango

    Este deputado faltou com o decoro parlamentar ! Confessar que “não sabia o que estava assinando” é abusar de suas prerrogativas, que não lhe foram concedidas pela sociedade para pratica de atos impensados no exercício de seu mandato. Se sabia e diz que não sabia, mais grave ainda se coloca a sua posição. Convenhamos, alguém dirigiu o pulso do deputado para assinar a PEC ? E agora para “des-assinar” quem ajudou ? E seus eleitores ? O deputado consultou as suas “bases” ? E como é que fica a vontade popular que no caso do nepotismo é manifestamente favorável à sua extinção ? Tal falta de decoro se não for apurada agora o será pelo voto !

  2. Tuca

    Nesse caso, a suposta sinceridade virou sinônimo de burrice. Assumir que assinou sem ler, sem saber o que assinava? Onde já se viu isso? E olha que essa foi a emenda do soneto da assinatura supostamente fraudada! Se a imagem da instituição legislativa já estava feia, o que é que é isso!!?? Esse doutor precisava se auto-receitar um tratamento facial à base de óleo de peroba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>