10:32Habilitação

Manchete de hoje da Folha de Londrina: “30% dos jovens dirigem sem habilitação”. Manchete deste blog: “70% dos que têm habilitação não sabem dirigir”.

Uma ideia sobre “Habilitação

  1. Tuca

    No interior, a manchete seria mais dramática, se relatasse o número de acidentes que matam jovens nos finais-de-semana. Bicho feio!

  2. marina

    Caro Gomes, vocÊ está enganado. Basta consultar as seguradoras. As mulheres são cuidadosas ,talves algumas tem dificuldade para estacinar mas isso não causa acidente,E tem mais , velhas devem ser suas piadas.

  3. espertus

    Infelizmente o trânsito é a prova cabal de que, dificilmente, saíremos do subdesenvolvimento. Rigorosamente não precisamos nem das estatísticas para constatarmos a carnificina diária, o sofrimento e os horrores deste flagelo contemporâneo. Basta observar as cenas do cotidiano das nossas cidades. Triste, nojento, decepcionante. O ser humano atrás de um volante não passa de uma animal irracional.

  4. Tuca

    Pra todo bom “São Tomé” confirmar a última frase do ESPERTUS, aí, sugiro atravessar a rua das rótulas do Centro Cívico à pé próximo ao meio-dia e no final da tarde. Tanto a rótula da prefeitura quanto aquela da Mário de Barros com Marechal Hermes, são verdadeiras roletas-russas. A da prefeitura tem um agravante: por ser alta, não se enxerga o veículo que faz a curva em alta velocidade e quem está no carro, faz mais questão ainda de não enxergar o pedrestre e sua alma que ficou a poucos metros atrás dele, quando o cidadão disparou a correr. Quem souber, por favor me responda: quem foi mesmo o prefeito que resolveu copiar modelos europeus e implantou esse “salve-se-quem-puder”? Já caminhou por ali? Podia fazer o favor de experimentar, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>