13:45Carga pesada

Do jeito que veio: “Hoje, 17 de setembro, se comemora o Dia Nacional do Transportador. Dia dos empresários que, com seus caminhões e motoristas, carregam o Brasil pelas estradas do país afora. Dados nacionais indicam que 62% do total de cargas que movimentam indústria, comércio e serviços, e alimentam o Brasilzão, seguem pelas estradas. Pelos buracos, pelas curvas perigosas, rodando em asfalto ruim, terra, pó e lama, desviando de quadrilhas de roubos de cargas, pagando pedágio e mais uma porção de taxas e impostos, e conhecendo este país como poucos. Por isso o Setcepar (Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Paraná) está homenageando esta classe de empresários. Fernando Klein Nunes, presidente do Setcepar, diz que “empresários, motoristas, e todos que atuam nesse setor, enfrentam dificuldades, mas assim como outros empresários e trabalhadores, seguem em frente”. Nesta quarta-feira, 19 de setembro, o Setcepar vai lembrar a data  no evento Café da Manhã, com palestras para empresários e funcionários das empresas de transportes.”

Uma ideia sobre “Carga pesada

  1. giba dois

    Uma das maiores vergonhas deste país é a dependência quase total do transporte rodoviário de cargas. Quase metade da produção é perdida nas rodovias, como já mostraram diversos levantamentos; as estradas são uma porcaria e o grande número de caminhões tem sua parcela de responsabilidade nisso; os demais motoristas são constantemente expostos a riscos nas estradas por causa do grande número de caminhões. Pena que não tem ninguém com CORAGEM de propor uma discussão séria sobre o assunto. Ficam só nessa lenga-lenga, os caminhoneiros “ajudam a desenvolver o país”. Ajudam a desenvolver a indústria dos rebites, deve ser isso. DEMAGOGIA PURA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>