7:03Processo para ajudar a sogra

Ezequias Moreira já sabe como vai ajudar a sogra, Verônica Durau, a devolver o capilé que recebeu da Assembléia sem trabalhar. Vai processar o jornal Gazeta do Povo pela reportagem publicada ontem onde foi informado que ele, Ezequias, não foi trabalhar na Sanepar depois de exonerado do cargo de assessor do prefeito Beto Richa. Hoje foi publicada outra reportagem no mesmo jornal informando que ele não saiu da prefeitura, para onde foi emprestado e que pediu licença depois da confusão. O período termina nesta sexta-feira. Na segunda-feira, segundo consta, Ezequias deverá se apresentar à Sanepar, onde é funcionário concursado. Resta saber quanto ele vai pedir de indenização.

Uma ideia sobre “Processo para ajudar a sogra

  1. EDUARDO RATTON

    A Sogra Fantasma
    É lastimável que um flagrante caso de falta de controle administrativo da Assembléia Legislativa, além da inegável locupletação de políticos de indole duvidosa, tenha que ocupar seguidamente o espaço político da imprensa ao invés das páginas policiais, pois é um verdadeiro caso de polícia! E o pior, como tem-se que apontar um culpado, atribuiu-se o crime a um falecido ex-diretor de área administrativa da AL e, ao que sugere a notícia publicada na Gazeta do Povo em 12/09/07, .a única penalidade contra os reais criminosos será a devolução dos valores do ilícito praticado. Um verdadeiro absurdo e descaso com a justiça e com o povo paranaense.. No entanto, deixado de lado a vergonha (ou a falta de), o título da matéria é muito sugestivo, pois muitas pessoas seguramente gostariam de também ter uma “sogra fantasma”.
    Eduardo Ratton
    Cidadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>